Aqui vai meu último post de 2011, com uma breve retrospectiva dos fatos que mais marcaram esse ano.

De uma forma geral, esse ano que passou foi bem produtivo, com muitas conquistas. Aproveito para agradecer as pessoas que estiveram comigo durante esse ano, espero chegar no final de 2012 agradecendo novamente as mesmas pessoas e que o time cresça, com novos talentos das pessoas que chegarão para somar.

2011 foi um ano onde mergulhei de cabeça em tecnologias NoSQL, principalmente MongoDB e Redis. Muitos projetos em que trabalhei direta e indiretamente utilizaram essas tecnologias. Tive o privilégio de me aproximar da 10gen e ajudar a difundir o MongoDB no Brasil, organizando eventos como o primeiro evento MongoDB em São Paulo, feito em parceria da Gonow com a 10gen. Também demos início ao Meetup de MongoDB que hoje conta com mais de 100 participantes e logo no início de 2012 já queremos fazer o primeiro encontro do ano logo em Janeiro.

Também foi um ano onde assumi um papel mais administrativo e menos técnico na gerência de projetos da Gonow. É natural que o conhecimento técnico e experiência ajudam muito nessa função, porém não larguei a essência de pesquisador, fuçador e hacker, deixando essas atividades como hobbie. O fato de não ter a pressão de correr atrás de projetos para pagar as contas no fim do mês ajuda a mergulhar de cabeça em tecnologias emergentes para testar em projetos pessoais, além de voltar a contribuir, mesmo que ainda muito pouco, com novos conhecimentos.

O ano de 2011 também teve seus pontos tristes, com a perda de grandes personalidades da tecnologia. Começando com Steve Jobs, passando por Denis Ritchie, sem esquecer do brasileiro André Gondin, um dos ícones da comunidade Ubuntu no Brasil. Também perdi um amigo, o Dorneles Tremea, presidente da Associação Python Brasil e uma pessoa que serviu de inspiração para mim e para muita gente que teve o prazer de conhece-lo. Essas pessoas se tornaram imortais com o legado que deixaram e não serão esquecidas. Sei que tivemos outras perdas importantes em 2011, mas gostaria de destacar essas pessoas porque foram as que mais me motivaram e serviram de inspiração para meu crescimento profissional.

Que o ano de 2012 seja produtivo, que seja melhor que 2011 e pior que 2013. É sempre bom fazer resoluções e acompanhar sua realização durante o decorrer do ano. É sempre motivador quando conseguimos cumprir aquilo que planejamos.

Alguns artigos que servem de inspiração para essa época do ano:

E mais uma vez, um feliz 2012 para todos! Ano que vem estaremos juntos novamente!

Grande abraço,

Christiano Anderson

 

Crédito da imagem desse post: http://www.freedigitalphotos.net/