Pelo fato de estar constantemente viajando e andar com o notebook na mochila para tudo que é canto, eu prefiro investir em notebooks mais baratos e com boa capacidade de processamento e recursos. Gostei muito da linha Vostro 1000 da Dell, adquiri um notebook desse modelo e estou bastante satisfeito com seu desempenho e custo benefício. Além disso, o Ubuntu roda perfeitamente bem nesse notebook.

Depois de quase um ano usando o equipamento e sem perceber nenhuma anormalidade (até porque já estava acostumado com seus padrões), coloquei o meu notebook lado a lado com outro, também da Dell, mas da linha Inspiron. Notei que a tela do meu notebook Vostro estava meio amarelada e as cores brancas não estavam tão vivas como do Dell Inspiron. Mexi nos ajustes de brilho e contraste e mesmo aumentando nos níveis máximos, as cores brancas ainda apresentavam tons amarelados (quase rosados) e sem muita “vida”.

Alterei todos os ajustes possíveis e nada de conseguir um resultado que melhorasse os tons de branco. Liguei um monitor externo no Vostro e a imagem ficou boa, com tons de brancos perfeitos. Imaginei então que o LCD do Vostro pudesse estar com problemas. Aproveitando os últimos meses de garantia e cobertura do plano Complete Care, liguei para Dell e expliquei com bastante detalhe tudo que estava acontecendo. O atendimento da Dell foi bastante prestativo e o operador agendou para o dia seguinte um técnico para comparecer até meu local e fazer a troca do LCD.

No horário combinado (ponto positivo para Dell) o técnico chegou até o local. Olhou o monitor e não viu muita diferença, até que peguei o Inspiron da minha esposa e coloquei lado a lado. Só quando fiz isso foi que ele notou uma grande diferença na qualidade e afirmou que realmente o LCD poderia estar “desgastado”.

Desmontou todo o notebook, retirou o LCD, o cabo e realizou a troca dos dois componentes. Enquanto ele montava o notebook, estava na expectativa de ter o problema corrigido. Quando finalizou, ligamos o notebook e quando carregou o sistema, fiquei bastante decepcionado. Não mudou nada, os tons amarelados continuavam lá e parecia que a troca do LCD não tinha causado efeito algum.

O técnicou informou que o problema poderia estar na placa de vídeo e ligou na Dell solicitando a troca de toda placa mãe (já que a placa de vídeo é integrada). Agendou outro técnico, para o dia seguinte.

No dia seguinte, no horário combinado (outro ponto positivo), o técnicou apareceu com a placa mãe nova. Desmontou novamente todo o notebook, retirou todas as peças, inseriu a placa mãe e montou tudo novamente. Nessas alturas eu nem criei expectativas, fiquei apenas observando o técnico realizar seu trabalho. Finalizou e ligamos o notebook e… Mais uma vez, a decepção. Não mudou nada, o notebook estava do mesmo jeito que antes. Os tons amarelados continuavam e o problema não foi resolvido. Já tentei até instalar o driver proprietário da ATI onde é possível ajustar os tons da tela. Mas o resultado não foi muito satisfatório.

Resultado, estou com um notebook praticamente novo (placa mãe e LCD trocados) e o problema continua. Conversei com pessoas que possuem o notebook do mesmo modelo e algumas me falaram que já tinha notado esse problema da tela amarelada, mas com o fato de trabalhar no dia a dia com o notebook, você acaba acostumado com o problema e passa despercebido. Não é algo que incomoda, mas quando você pega outro notebook e coloca lado a lado, percebe uma diferença grande na resolução da tela e nitidez das cores.

Será que existe esse problema com toda linha Vostro 1000?

Algum leitor desse blog também notou esse problema?

Alguém conseguiu uma solução?