Durante essa semana eu instalei o Ubuntu 8.04 em meu computador principal de trabalho. Não consegui aguentar o lançamento final que vai acontecer em 12 dias, segundo o contador oficial.

Fiz backup do meu $HOME, gravei o CD com a versão AMD64 (a arquitetura que utilizo) e iniciei a instalação. Logo no início, peguei um problema com o Ubiquity, que é o instalador do Live-CD. Esse problema acontece apenas com teclados ABNT-2, faz com que o X seja reinicializado quando chega na tela de seleção do layout de teclado. Conversei com o Licio a respeito que logo informou sobre a existência de um bug. A solução é iniciar a instalação em inglês e no final fazer as alterações do layout do teclado e preferências do idioma para o português do Brasil já dentro do Gnome já instalado no HD. Provavelmente esse bug será corrigido no lançamento final.

Depois de aguardar a instalação, chegou a hora do primeiro boot. A tela de login GDM está com tema diferente, mais elegante. No Gnome, o tema também está com leves mudanças no visual, incluindo um papel de parede novo. O Gnome parece estar mais otimizado em seu consumo de memória, os aplicativos estão com as versões mais novas, como já era de se esperar, com destaque ao Firefox 3 (beta), o Prism que foi incluído nessa versão do Ubuntu, entre outros.

Encontrei por acaso um aplicativo bastante curioso, o BlueProximity. Funciona via bluetooth (sua máquina precisa ter placa bluetooth) mais ou menos assim: você deixa seu celular pareado com o aplicativo e ele fica o tempo todo verificando a presença do seu celular. Quando você sai do ambiente (e leva o celular junto), ele detecta sua ausência e automaticamente trava a tela com screensaver e senha. Quando você retorna para o ambiente (junto com seu celular) ele detecta sua presença e libera a tela para você continuar trabalhando.

De uma forma geral o novo Ubuntu está muito bom. Aplicativos mais novos e mais produtivos, a tradução está excelente (parabéns a quem ajudou a traduzir para o português do Brasil) e sem dúvidas o lançamento oficial está sendo bastante esperado, porque será uma versão LTS (Long Time Support), ou seja, terá seu suporte garantido por vários anos. Se você também não aguenta esperar o lançamento oficial, pode baixar a versão beta aqui. Mas lembre-se, é versão beta, não instale em ambientes críticos (embora eu não tenha encontrado nenhum bug significativo, exceto do layout de teclado durante a instalação).

Compare preços de: Monitores LCD, Asus EEEPc, Smart Phones, Cartões de Memória